O Demander ajuda centenas de empresas a atingirem seus objetivos comerciais. Nós queremos ajudar você também.

+55 (11) 4300-7050

+55 (51) 3714-7050

 

Av. Avelino Talini, 171 

Lajeado/RS

CEP 95914014

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
logo whastapp

© 2019 por Retta TI

Buscar
  • Francini Wahlbrink

Indicadores de Vendas: os 5 principais e como aplicar na sua rotina

Os principais objetivos dos indicadores de vendas (KPI’s) são converter mais oportunidades em negócios, comparar resultados, aumentar a lucratividade da empresa e melhorar o desempenho de operações. Sem o controle dos indicadores não é possível ter resultados palpáveis.


Para que servem os indicadores


Os indicadores estão diretamente relacionados ao desempenho da equipe. Eles é quem ajudam na tomada de decisão de estratégias dos setores. Traz clareza de como cada atividade e ação estão contribuindo no crescimento da empresa.


Sem a comparação de dados antigos com novos dados não é possível observar as melhorias ou decadência do negócio.

Escolhendo seus KPI’s


A sigla KPI vem do termo em inglês Key Performance Indicator (Indicador-Chave de Desempenho). Condiz à uma métrica importante para sua estratégia e ela quem vai determinar se você terá ou não sucesso.


Existem infinitos tipos de KPI’s para que sua equipe possa monitorar. Porém, um número alto de indicadores nem sempre é a melhor estratégia. Quando se monitora muitos dados pode fazer com que seu negócio fique confuso e/ou gaste seu tempo em vão.


A lista de indicadores pode variar de acordo com o setor e objetivos de cada empresa.

Para as vendas, bons exemplo de KPIs são:

Leads gerados, leads qualificados, taxa de conversão, tíquete médio, ciclo de venda.

Para entender cada KPI, vamos falar de cada um abaixo


Os 5 principais KPI’s nas vendas


1- Leads


Lead é alguém que demonstra interesse pelo seu negócio. Esse potencial cliente é identificado como um lead quando o mesmo divide informações com você. Dados de contato, como endereço do e-mail, nome da empresa, cidade de origem, entre outros.

Para avaliar o desempenho das ações de marketing, monitorar esse número é crucial. Quanto maior esse número maior serão as oportunidades de gerar novos clientes.


2- Leads qualificados


Todas informações sobre seus produtos ou serviços devem estar disponíveis em seu site. Não deixando dúvidas para os visitantes.

Trabalhando em cima disso você estará qualificando seus leads, ou seja, nutrindo eles com informações necessárias para a decisão de compra, aumentando a taxa de conversão.


Para controlar esse indicador, saiba quantas propostas de vendas sua equipe enviou.


3- Taxa de conversão


A taxa de conversão é quem nos conta se a equipe está sendo eficiente. É o indicador mais importante. Está associado com a quantidade de oportunidades que são geradas e as que de fato viraram uma venda.

Com esses dados você pode criar diferentes estratégias e ir testando para ver qual tem resultados melhores.

4. Tíquete médio


Ele mostra o preço médio por pedido de venda. Demonstrando o comportamento que seus clientes possuem diante da marca. Está diretamente ligado ao faturamento da empresa. Com alguma estratégias você pode aumentar seu tíquete médio.


Para medí-lo, divida o faturamento total pelo número de pedidos emitidos.


5. Ciclo de venda


O ciclo da venda vai nos dizer o tempo que o usuário leva, desde o primeiro contato até o fechamento da compra. Quanto menor for esse ciclo, mais vendas sua equipe poderá efetuar, aumentando o lucro.


O marketing quem é responsável pelo tamanho deste ciclo. Caso ele for demorado, significa que o usuário não está sendo informado corretamente sobre o produto, sendo necessário ainda nutrí-los até a decisão de compra ser alcançada.


Assertividade nas estratégias


Os indicadores listados aqui, permitem que a empresa concentre seus esforços nas técnicas com melhores resultados, aumentando a eficiência dos processos. Também possibilita tomar decisões estratégicas com mais assertividade para a melhorar a produtividade das vendas.

Medir o desempenho da sua empresa e dos seus colaboradores não é apenas para apontar falhas. Ele serve para que os resultados evoluam ainda mais.

80 visualizações